Três formas de aquarelar uma ilustração

Tempo de leitura: 2 minutos

Muitos alunos tem dúvidas quanto às formas de aquarelar uma ilustração. Como toda arte, existem uma infinidade de maneiras de se trabalhar com a tinta, diferentes pincéis, pontas, papéis, etc. Minha intenção é trazer para vocês um pouco da minha vivência como ilustradora e o que funciona para mim, no meu dia a dia de trabalho.

Por isso, vou explicar para você quais as três principais formas de aplicação da aquarela que eu costumo utilizar nas minhas artes.

Técnica mista

A técnica mista é a que mais utilizo em meus trabalhos. Consiste em aplicar a tinta bem pigmentada e, posteriormente, lavar o pincel e acrescentar água de forma a fazer contato com a tinta. Em contato com a água, ela se espalha formando lindos degradês e efeitos ,muito delicados. Uma das características dessa forma de aquarelar é  que as bordas costumam ficar mais escuras do que a parte de dentro, já conferindo um efeito primário de volume.

Nessa ilustração, usei a técnica para cobertura da pele, principalmente.

Aqui no blog você pode ver mais desse tipo de aplicação nas fotos do curso que eu dei de aquarela botânica.

Técnica úmida

A técnica úmida é legal para áreas maiores e de menor controle de tinta. Excelente para preenchimentos mais soltos e manchados. Uso bastante para fazer fundos, como vocês podem ver nessa imagem. Geralmente é feita com pincéis maiores (porque a área de aplicação costuma ser maior).

Aplica-se água pura na área em que se deseja preencher elogo depois, com o papel ainda molhado, aplica-se o pigmento, que se espalha de forma mais aleatória formando manchas incríveis.

Técnica seca

A técnica seca é bastante usada para detalhamentos e finalização. Isso porque você tem um maior controle sobre a tinta, já que está está menos diluída, mais concentrada. É legal para contornos, detalhes miúdos e é normalmente feita com pincéis fininhos e miúdos.

A tinta é aplicada diretamente sobre o papel, de forma intensa e bastante pigmentada. Pode ser diluída posteriormente.

Nessa ilustração a técnica seca foi feita no contorno dos olhos, fios de cabelo e cílios.

Veja aqui, o resultado final e o mapeamento das técnicas!

Espero que esse conteúdo tenha sido legal para você!

Nos vemos nas próximas ilustrações!

Beijos

 

Lu

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *